Gianni Gagliardo Madama Barbera D'Alba 2016

PRODUTOR: Gianni Gagliardo REGIÃO: Piemonte
R$ 256

Gianni Gagliardo, um dos melhores produtores do Piemonte

Sócio Ativo Clube Adega 
De: R$ 256,00 Por: R$ 204,80
utilizando seu cupom.

Gianni Gagliardo

 

A história da propriedade tem origem com a família Colla, cuja tradição de cultivar vinhas data de 1847. Em 1973, Gianni Gagliardo – natural do vilarejo de Monticello d’Alba, na região de Roero, no Piemonte, casa-se com Marivanna Colla, filha de Paolo Colla. Diante de um genro empreendedor e que passou a se interessar pelo vinho, Paolo Colla – representante da quarta geração da família – começou a introduzi-lo nesse mundo. Pouco depois, ele realizou o sonho do sogro ao colocar o nome dos Colla em um rótulo. Com a morte de Paolo e já com pleno domínio dos afazeres do vinho, Gianni Gagliardo assumiu o comando da empresa familiar e deu a ela não somente o seu estilo, mas também o seu nome. Hoje, seus três filhos, Stefano, Alberto e Paolo, já formam a sexta geração da família dedicada ao vinho.

As variedades de Piemonte

 

A Nebbiolo é indiscutivelmente a uva tinta mais prestigiada do Piemonte, no entanto, não se pode deixar de lado duas outras variedades tradicionais da região: a Barbera e a Dolcetto. Enquanto a Nebbiolo costuma dar vinhos mais complexos, que tendem a demandar tempo para se abrir por completo, Barbera e Dolcetto, por outro lado, normalmente oferece vinhos mais diretos, fáceis de beber mesmo quando jovens. Os vinhos feitos de Barbera geralmente se mostram muito fragrantes e com muitas frutas vermelhas, levemente ácidas, em boca. São duas as regiões famosas pela produção, as denominações de origem Barbera d’Asti e Barbera d’Alba (há ainda os Barbera del Monferrato, dentro da região de Asti). A Dolcetto produz um vinho repleto de notas de cerejas e muito fácil de agradar, feito para acompanhar qualquer refeição. Assim como a Barbera, a Dolcetto tem duas denominações principais, Dolcetto d’Asti e Dolcetto d’Alba.