Marqués de Cáceres Crianza 2015

PRODUTOR: Marqués de Cáceres REGIÃO: Rioja
R$ 99
Frutado e carnudo, assinado por um dos maiores produtores de Rioja, Marqués de Cáceres.

Marqués de Cáceres

 

Marqués de Cáceres representa a tradição familiar de pelo menos 5 gerações ligadas ao mundo do vinho. Enrique Forner, um dos grandes nomes de Rioja, fundou a vinícola em 1970 e, após seu falecimento em 2011, sua filha, Cristina Forner, assumiu a gestão da propriedade. Com cinco décadas de existência, Marqués de Cáceres apresenta um amplo portfólio, contando com tintos, bancos, rosés e espumantes, e está entre os maiores produtores da Espanha.

 

Espanha e o vinho 

 

A relação da Espanha com o vinho é antiga. Vem desde a época em que os romanos dominaram a Península Ibérica. Mas bem antes disso já havia videiras na região. De fato, há registros de que elas são lá cultivadas desde aproximadamente os anos 4.000 ou 3.000 a.C. Grande parcela do território espanhol está em um planalto central denominado meseta, situado a altitudes que variam entre 600 e 1000 metros acima do nível do mar e rodeado de cadeias montanhosas. Os tipos de solo variam muito de uma região para outra, assim como os microclimas, e essa pluralidade se reflete nos vários tipos de perfis de vinhos espanhóis. Embora a maior quantidade de vinhedos plantados seja de cepas brancas – dentre as principais, Verdejo, Albariño, Xarel-lo e Viura – não se pode negar que a fama dos vinhos espanhóis está ligada às uvas tintas genuinamente espanholas, como Tempranillo, Garnacha, Monastrell, Cariñena, Graciano, Mencía e Mazuelo.