Caliza 2013

PRODUTOR: Marqués de Griñón REGIÃO: Toledo
R$ 295

Vino de Pago é um termo especial para vinhos de alta qualidade, de uma única propriedade. O CALIZA 2013, elaborado pela renomada vinícola Marqués de Griñon, é um excelente exemplar dos cultuados "Vinos de Pago”.

Sócio Ativo Clube Adega 
De: R$295,00   Por: R$ 236,00
utilizando seu cupom.

Márques de Griñon

 

Marqués de Griñon foi estabelecida por Carlos Falcó y Fernandez de Córdova, um dos principais nomes da indústria do vinho espanhol. Quando jovem, Falcó estudou na Universidade da Califórnia, em Davis, onde ficou fascinado pela viticultura. Ele se estabeleceu em uma propriedade chamada Dominio de Valdepusa (que pertence a sua família desde o século XIII), perto da pequena cidade de Malpica del Tajo, a cerca de 100 quilômetros de Madri. Em 1974, sob supervisão do renomado enólogo francês Émile Peynaud, ele plantou Cabernet Sauvignon, então proibida na região, acrescentando mais tarde Syrah e Petit Verdot. Sua primeira safra foi em 1983. Falcó faleceu em 2020, em Madri, devido a complicações causadas pela COVID-19. Hoje, Manuel Falcó, seu filho mais velho, dá continuidade ao projeto.

 

La Mancha

 

La Mancha é a maior denominação do país e a maior área vitivinícola contínua do mundo, abrangendo 182 municípios, divididos em quatro províncias: Albacete, Ciudad Real, Cuenca e Toledo. Tamanha área faz com que os vinhos sejam os mais diversos, assim como as cepas. Entre as uvas brancas, a principal é a Airén (a casta branca mais plantada no mundo, muito graças ao cultivo em La Mancha), mas a denominação permite ainda: Moscatel, Parellada, Pedro Ximenez, Riesling, Sauvignon Blanc, Torrontés, Verdejo, Viognier, Viura, Chardonnay e Gewürztraminer. Pelo lado das tintas, a principal é a Cencibel, como a Tempranillo costuma ser chamada na região, mas há ainda: Pinot Noir, Grenache, Graciano, Malbec, Mencía, Merlot, Monastrell, Moravia, Petit Verdot, Syrah, Cabernet Sauvignon e Bobal.