Talinay Pinot Noir 2015

PRODUTOR: Tabalí REGIÃO: Limarí
R$ 198
Entenda porque o solo calcário é um dos mais exaltados em toda a viticultura.

Tabalí

 

Pioneira no meridional vale do Limarí, esta vinícola começa a deslumbrar especialmente a partir de 2006, quando se configura a dupla formada por Felipe Müller (enologia) e Héctor Rojas (viticultura), que soube explorar a melhor descoberta do vale, o vinhedo Talinay, plantado sobre os solos generosos em carbonato de cálcio, a oito quilômetros do mar. Ali Tabalí apostou em variedades como Sauvignon Blanc, Chardonnay e Pinot Noir, que brilham particularmente na linha de vinhos chamada simplesmente Talinay. Com o tempo desenvolveram também um vinhedo no outro extremo do vale, na zona cordilheira de Rio Hurtado, a 1600 metros de altitude, onde o solo é vulcânico. Ali a variedade Malbec é a que deu melhores resultados. Prova disso é seu Malbec top, Roca Madre.

Pinot Noir

 

A Pinot Noir é certamente uma das mais antigas castas de que se tem notícia. Acredita-se que já era cultivada na Borgonha há aproximadamente 2.000 anos, quando os romanos chegaram à região. O primeiro registro escrito de sua existência, entretanto, data de 1375, e a primeira alavancada lhe foi dada quando uma ordem banindo a produção de Gamay em seu favor foi lançada por Filipe de Valois, Duque da Borgonha, que viveu no século XIV. O nome "Pinot Noir" faz alusão à aparência do cacho, cujos bagos bastante escuros agrupam-se formando um conjunto cônico, que lembra uma pinha. Desenvolve-se, principalmente, em climas mais frios.